Resenha do Livro: Psicodrama Empresarial

“Temos limites externos e internos e, portanto, para gerar melhores resultados, precisamos complementar nossas habilidades, assumindo a nossa interdependência” Thelma Teixeira

O trabalho de um psicólogo em uma organização é cercado de obstáculos e necessita constantemente de um referencial teórico e prático sólido. Isso é o que traz o livro Psicodrama Empresarial (Editora Santa Clara, 2008), de Thelma Teixeira, publicado em 2008. Thelma é psicóloga, psicodramatista e consultora de empresas.

Processed with VSCOcam with b1 preset

Psicodrama Empresarial. Ed. Santa Clara (2008)

Introdução

Iniciando uma discussão sobre a realidade empresarial que encontramos atualmente, a autora traz algumas referências essenciais que norteiam nosso trabalho, como: a visão sistêmica do mundo, a teoria da complexidade e a nova realidade de trabalho.

Por meio de um percurso histórico, afirma que a visão sistêmica hoje envolve uma visão não-fragmentada das coisas e sim uma percepção ampliada e abrangente dos fenômenos. A visão sistêmica do mundo considera-o como uma teia dinâmica de fenômenos inter-relacionados. Complementando sua percepção ao apresentar a teoria da complexidade, coloca que o ser humano deve ser compreendido como um eterno vir-a-ser, ou seja, como um ser em construção e transformação.

thelma-braga

Teixeira afirma que as referências acima, assim como estudos sobre a inteligência emocional, influenciaram a postura das organizações frente aos seus funcionários. Sendo assim, há uma maior valorização das pessoas no contexto empresarial e uma preocupação maior com as relações estabelecidas na organização.

Psicodrama na empresa?

Após contextualizar a realidade empresarial, a autora apresenta resumidamente o Psicodrama e define posteriormente as características do Psicodrama Empresarial.

A questão central discutida é a utilização específica do Psicodrama nas empresas e suas devidas restrições. São apresentadas as etapas básicas do Psicodrama e as técnicas mais utilizadas, assim como seu objetivo. Compreende-se que a utilização do Psicodrama nas empresas é caracterizada principalmente por respeitar determinadas limitações.

Segundo a autora, a diferença da aplicação do Psicodrama Empresarial e do Psicodrama Clínico, diz respeito ao foco do trabalho principalmente, que no caso da clínica visa todos os papéis desempenhados pela pessoa em sua vida e no ambiente empresarial busca trabalhar os papéis profissionais.

Segundo a autora, essa utilização do Psicodrama apoia-se basicamente na teoria da espontaneidade-criatividade e na teoria dos papéis, e que são utilizados todos os recursos, etapas e técnicas do método psicodramático propriamente dito. A questão principal é mesmo a restrição que define o trabalho com os papéis profissionais e situações específicas do trabalho.

O Psicodrama Restrito

Teixeira nos apresenta um termo que define bem essa utilização: o Psicodrama Restrito. Para ela, essa modalidade caracteriza-se por trabalhar questões das pessoas envolvidas em cenas reais, se limitando, entretanto, aos papéis profissionais. Essa aplicação seria então adequada ao ambiente organizacional e indicada para trabalhar as relações interpessoais e as mais variadas questões existentes na empresa, sem realizar, no entanto, um Psicodrama Clínico nesse ambiente.

Processed with VSCOcam with c1 preset

O Psicodrama Restrito deve ser bem observado. Isso se deve ao fato de que a partir do momento que trabalhamos determinadas questões reais de papéis profissionais dentro da empresa estamos envolvendo, indiretamente, outros papéis desempenhados pelos participantes em suas vidas e questões de suas vidas particulares.

Entretanto, compreendemos que talvez a dificuldade que imaginamos existir em manter o trabalho envolvendo apenas questões profissionais não transformando a atividade em um Psicodrama Clínico, passe mais por um cuidado do facilitador do que pelo método em si.

Acreditamos que essa questão sugere cautela de parte do facilitador devido ao perigo de ocorrer uma utilização despreparada do Psicodrama Empresarial nas empresas transformando-o em um trabalho clínico. Compreendemos que o Psicodrama Restrito é um método adequado ao trabalho nas empresas e possivelmente de grande efetividade.

As ideias apresentadas pela autora tornam-se muito claras ao longo da leitura do livro e é possível estabelecer uma fácil compreensão dos princípios que norteiam o Psicodrama Empresarial e a que se propõe essa modalidade. Os casos ilustram muito bem várias questões trazidas na exposição inicial. O livro Psicodrama Empresarial contém o material necessário que nos servirá de suporte no trabalho com as organizações.

Ficha técnica:

Título: Psicodrama Empresarial

Autora: Thelma Teixeira

Editora: Santa Clara

Páginas: 112

Referências bibliográficas

TEIXEIRA, Thelma M. A arte de trabalhar em equipe. Artigo do livro Recursos Humanos III publicado em novembro de 2013 pela Ecxcard.

TEIXEIRA, Thelma M. Psicodrama Empresarial: o que, por que, como fazer. Belo Horizonte: Santa Clara, 2008. 112p.

Anúncios

Quero saber a sua opinião. Deixe o seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s