Expresso da Meia-Noite, de Billy Hayes

Literatura Policial

arquivo_000

Por Rodrigo Padrini – Sabe aquela vez em que você ficou perdido no supermercado quando criança, sem saber onde estavam seus pais e achando que eles o tinham abandonado? Angústia, pânico, desespero e algumas lágrimas. Bom, essa é apenas uma ilustração para começar a imaginar o que se passou na cabeça de Billy Hayes, nosso protagonista, preso na Turquia em 1970 por contrabando de haxixe. A história é conhecida por muitos, com direito a filme ganhador do Oscar.

“Expresso da Meia-Noite” (Editora Vestígio, 2016) é o relato honesto e escancarado da passagem do jovem americano William ‘Billy’ Hayes, na época com seus vinte e poucos anos, por algumas prisões na Turquia, entre 1970 e 1975, ano de sua fuga. Preso no aeroporto de Istambul, Billy afirma que ter sido sentenciado à prisão perpétua foi a pior e a melhor coisa que aconteceu com ele.
x

“Queridos pais, há quanto tempo estamos…

Ver o post original 669 mais palavras

Anúncios

Quero saber a sua opinião. Deixe o seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s