A tecnologia vai engolir os nossos clássicos?

Literatura Policial

tecnologia

Outro dia, enquanto conversava com um amigo sobre romances policiais, ele me disse que não conseguia ler os clássicos. Preferia os autores mais novos. – Por qual motivo? – Perguntei. – Um pouco de preguiça, ele disse. Preguiça? Talvez não seja preguiça, mas a dificuldade ou incapacidade de se sentir envolvido em uma realidade tão distante da sua. Chegamos brevemente à conclusão que é de fato um exercício de imaginação ler histórias que se passam nas décadas de 30, 40 ou 50 do século passado. Às vezes, há quase 150 anos.

“Como as pessoas sobrevivem sem telefone celular?” alguns podem questionar. Ou ainda “por que eles estão quebrando tanto a cabeça? É só fazer um exame de DNA que teremos a pista do suspeito”. Bom, e quando esses “truques” não existiam?

A maioria de nossos autores clássicos – o título não é à toa – nos remetem a um passado…

Ver o post original 934 mais palavras

Anúncios

Quero saber a sua opinião. Deixe o seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s